Rendiconti do Workshop – Parte II

“O Workshop pode ser definido como um banho de esclarecimento acerca do papel do Analista de negócios”.
Rodrigo C Maia
Blueeye Web Solutions
Diretor Administrativo

“Todos os tópicos abordados são relevantes e principalmente aplicáveis, podendo melhorar os resultados no desenvolvimento de novas soluções de negócios”.
Marlene Aparecida da Silva
Gerente de Informática
Química Amparo

“Esta especialização é uma evolução, tanto na carreira do analistas, tanto na qualidade do produto entregue. No momento em que o mercado entender e demandar por estes profissionais, o ciclo de vida de um projeto, e principalmente a fase de manutenção, mudará radicalmente”.
Marília F P Lima
Analista de Sistemas
FUNDAP

“Atual e Necessário para os profissionais de TI. Trouxemos toda nossa equipe”.
Umberto Nanini
Diretor de Informática
Prefeitura Municipal de Sorocaba

“O tema é importantíssimo e realmente esclarecedor. Servirá como orientação daqui pra frente”.
Fernando Reballo
Diretor de Tecnologia
SHC

.:.

“Algumas das práticas abordadas no curso eu já vinha estudando, porém ainda não havia conseguido definir com clareza todo o ciclo que envolve o processo, bem como encaixa-la na metodologia de desenvolvimento que havia estudado com mais profundidade até então, o OpenUP/Basic.

À partir disso, adotar algumas dos pontos abordados no curso, está sendo um pouco mais tranquilo.

Na questão da Modelagem de Negócios, estou estruturando melhor a Visão do Negócio, utilizando de diagramas para representar os processo de negócio, já que o Core Business do meu projeto envolve muito a interação com terceiros. Aí estou usando o diagrama que contempla metas e saídas do processo, bem como os envolvidos no mesmo (chamados de parceiros no modelo conceitual).

Estou em vias de apresentar um projeto de integração de nossos sistema com alguns fornecedores envolvidos no processo. Para isso, já estou elaborando um mapa estratégico e estudando melhor o modelo de balanced scorecard.

Na parte de Engenharia de Requisitos, já reescrevi meus casos de uso, incluindo as informações adicionais relacionadas a ele, tais como Ponto de Vista, Fonte, Tipo, Status, etc….

Quanto ao orçamento e elaboração das iterações do projeto já vinha utilizando análise por casos de uso e iterações definidas tais como apresentadas no OpenUP/Basic.

É evidente que alguns pontos ainda não estão maduros e faltam alguns pontos a acrescentar no processo todo, porém , consegui sair do workshop com uma leitura total do projeto, bem como todos os artefatos e pessoas envolvidas no processo.”

.:.

Este último depoimento eu surrupiei do grupo de discussão que criei exclusivamente para a turma que participou do workshop. Eu havia registrado aqui, há quase três anos, minha tristeza quando ouvi de uma participante de um evento em Floripa: “Pena que o que a gente vê neste tipo de evento não dá para aplicar no nosso dia-a-dia.” Virou uma provocação que me acompanha em todo evento que participo. Por isso o depoimento acima é muito valioso.

Assim como todos os outros, que estão também numa página da Tempo Real Eventos, em conjunto com outras fotos do workshop. Como eu disse na primeira parte da rendiconti, a turma era muito boa. Isso enriqueceu demais o evento.

.:.