Habilidade #1

Alguns amigos sugeriram que eu fosse mais específico em relação às habilidades e capacidades que o flit e seus derivados se propõem a lapidar. Se é sincero o papo de que o flit não é finito (hã!), como essa lista de habilidades pode ser compilada? Afinal, o que pode entregar um produto que se apresenta fora e bem longe das caixas?

O Trabalho a Ser Feito

Toda a parte prática do flit foi desenhada como conjuntos de Trampos a Realizar ou , no inglês, Jobs to be Done (JTBD). Cada trampo é apresentado num padrão bem conhecido: verbo + substantivo. A única classificação utilizada respeita as três camadas universais¹.

catálogo flit

A imagem acima mostra alguns exemplos de trampos a realizar. Essa lista pode ser dez ou cem vezes maior. Não fecharei o catálogo de temporadas futuras. O flit funcionará melhor se desenhado em conjunto e sob demanda. Claro, alguma visibilidade é necessária. E por isso publiquei todo o roteiro da primeira temporada.

Sinceramente, não espero que você assine o flit por causa da quantidade de trabalhos que será capaz de realizar. Essa é a parte visível e palpável. Mas não é o espírito da coisa.

A Habilidade Essencial

Estudo publicado pelo Fórum Econômico Mundial projeta o futuro do trabalho até 2020. Vale a pena navegar por todo o infográfico. Vou destacar apenas um trecho, sobre habilidades requeridas:

A dis/solução de problemas complexos aparece como habilidade número 1. Como colocado no artigo anterior, o Pensamento Sistêmico está para a Complexidade assim como a água está para a sede. E esse pensar diferente é a alma do flit.

Ser craque em diversos Trampos a Realizar é consequência, efeito. O flit pode ser a causa. Topas?

Notas

  1. Futuro artigo tentará explicar essas “três camadas universais”.
    Por enquanto, a origem: Beer, grande Stafford Beer.
  2. One é o nome da foto no topo do artigo.
    Ela foi compartilhada pelo smartfat no flickr.