“Só a variedade absorve variedade”

Variedade é a medida da complexidade. Precisamos ser complexos para saber lidar e prosperar em um mundo cada vez mais complexo. Isso vale pra gente, nossos times e organizações.

O que é complexo se diferencia por fazer e para fazer parte.
O complexo é integrado e diferente ao mesmo tempo.

A integração vem da cooperação. Cooperação é uma troca onde todos se beneficiam. Cooperação é uma habilidade coletiva que depende de entendimento criativo e pensamento interdisciplinar e dialógico – sistêmico, sobretudo.

Estamos programados para cooperar.

Nos diferenciamos na medida em que criamos interesses, gostos, habilidades e hábitos que são nossos – só nossos. Queremos um coldre cheio de habilidades, cada uma delas especialmente destinada a desempenhar determinado ato.”

aprendendo

Não dá para comprar, tatuar, emprestar nem decorar habilidades. Elas precisam ser desenvolvidas. Há conceitos e ferramentas a conhecer, movimentos a treinar, jogadas a ensaiar e muito o que  praticar. Quando gostamos dessa experiência é sinal de que estamos em Estado de Fluxo:

Aquela atividade, qualquer que seja, é um fim em si mesma; As metas e objetivos são claros; Estamos concentrados; Nossas habilidades são desafiadas na medida certa – mas são desafiadas; O feedback é certo e constante; Não vemos o tempo passar.  

O Fluxo ocorre toda vez que aprendemos algo de verdade. Estamos programados para gostar de aprender. “Se você não está se divertindo, não está aprendendo”.

Não dependemos de jogos ou premiações para tornar esse processo agradável e desejável.

sistema de aprendizagem

Para aprender de verdade há quatro condições: atenção, engajamento ativo, feedback e consolidação.

O aprender de verdade tem quatro etapas: experiência, reflexão, abstração e ação. Ou: descoberta, exploração, decisão e entrega.
O contexto indica os nomes mais adequados para esses momentos.

Caminha com tranquilidade por esses quadrantes quem tem a mentalidade que inibe os dois maiores inimigos da aprendizagem: o ego e o medo. É uma atitude que se apresenta em dois traços: respeito aos fatos e humildade para reconhecer e adotar ideias melhores.

A complexidade galopante e a ascensão das inteligências sem vida são menos assustadoras quando entendemos que carregamos em nossas cabeças o mais complexo sistema conhecido. Apesar dos pesares e das provas em contrário, estamos muito bem equipados para lidar com essa bagunça que, afinal, nós mesmos criamos.
 
O que falta é aprender melhor, como indivíduos, times e organizações.

Oficina de Negócios

Para o seu time validar ideias, experimentar ferramentas e ensaiar mudanças. 

use esta oficina para

  • Descobrir oportunidades de melhorias em processos
  • Desenhar ou redesenhar sistemas de informação
  • Praticar e testar ideias e ferramentas
  • Confirmar a viabilidade de uma mudança
  • Enriquecer o processo de on-boarding
  • Aumentar a integração entre equipes

CONFIGURAÇÃO

5 ~ 30 participantes

12 ~ 48 horas / 1 ~ 4 meses

Online / Presencial / Híbrido

Oficina de Produtos

Porque você precisa saber o que fazer com as boas ideias e com os produtos e serviços que podem render mais.

use esta oficina para

  • Desenhar um novo produto ou serviço
  • Redesenhar uma oferta
  • Desenvolver, testar e comparar protótipos
  • Testar ideias e alternativas com clientes e usuários

configuração

5 ~ 30 participantes

12 ~ 24 horas / 2 ~ 4 semanas

Online / Presencial / Híbrido

Oficina de Sistemas

Porque a mentalidade que nos trouxe até aqui não será suficiente para nos livrar dessa bagunça. - Einstein

use esta oficina para

  • Começar a Pensar em Sistemas do melhor jeito possível: na prática e em grupo
  • Experimentar ideias, métodos e ferramentas
  • Aperfeiçoar habilidades de investigação e análise
  • Conhecer novas ferramentas e técnicas de modelagem
  • Testar o pensamento sistêmico da melhor maneira possível: investigando problemas reais

configuração

5 ~ 20 participantes

24 horas / 2 meses

Online

Referências

Saber Aprender

Não há habilidade mais importante.

programa

  • Um hardware extraordinário: o nosso cérebro
  • O sistema operacional essencial
  • É assim que aprendemos
  • A T E N Ç Ã O …
  • … e os outros 3 pilares da aprendizagem
  • A necessidade de memórias externas
  • A organização de tudo
  • A urgência da administração do tempo
  • A concorrência das inteligências sem vida
  • O teste de Feynman: Você está se divertindo?

configuração

10 - 20 participantes

2 encontros de 90 minutos

Online e ao vivo

agenda

Turma aberta em Fevereiro

Saber Aprender em Equipe

Times de futebol treinam. Corais e bandas de rock ensaiam. E as equipes de negócios, onde, quando e como aprendem?

programa

  • Comunidades de prática, projetos, guildas e panelinhas: por que nunca são suficientes e raramente são eficazes
  • É assim que aprendemos (em equipe)
  • A prática e o ensaio
  • Topologias de times e o que isso tem a ver com a aprendizagem organizacional
  • Sobre o trabalho em pares, líberos, o coach sobrecarregado e o centro-avante recuado 
  • A necessidade de retros e reviews. Há?
  • Recebendo novos colegas: o onboarding ideal
  • Team Syntegrity: a evolução do debate

configuração

10 - 20 participantes

2 encontros de 90 minutos

Online e ao vivo

agenda

Aguarde

Pensar em Sistemas

Porque a mentalidade que nos trouxe até aqui não será suficiente para nos livrar dessa bagunça toda, ensinou Einstein.

Programa

  • Afinal, o que é Pensar em Sistemas*?
  • Para que serve esse jeito de pensar e agir?
  • Aonde eu posso aplicá-lo?
  • Como?
  • Quais são as principais propostas, metodologias e ferramentas?
  • Quem disse?
  • Por onde eu começo?

* Spoiler: não há nada de esotérico, místico ou quântico. Podes crer!

Configuração

10 - 20 participantes

2 encontros de 90 minutos

Online e ao vivo

Agenda

Modelar Negócios

Todo bom modelo inspira e organiza conversas. Todo bom modelo provoca boas ideias. Todo bom negócio pede por bons modelos, ideias e conversas.

programa: bons modelos para

  • Enxergar o negócio e seu ambiente
  • Estudar os clientes e outras partes interessadas
  • Desenhar produtos e serviços
  • Entender o que o seu pessoal faz
  • Descobrir oportunidades de melhorias e saber aproveitá-las
  • Contar histórias e explorar novas ideias

configuração

10 - 20 participantes

2 encontros de 90 minutos

Online e ao vivo

agenda

Aguarde

Desenvolver Histórias

História não se coleta, levanta, documenta nem elicita (sic). Nós descobrimos histórias e exploramos possibilidades. Conversando.

Programa

  • Era uma vez… uma user story mal contada
  • Saber o quanto antes o quão ferrados estamos*
  • Cada conversa leva a uma história que puxa outra conversa
  • A história escrita é só um convite e um simples souvenir… (O que não nos dá licença para escrever qualquer coisa)
  • User Stories, Job Stories, Value Stories e outros casos
  • Para dar sentido às histórias: Bússolas
  • Para colocar ordem nas histórias: Mapas e roteiros
  • Para saber o quanto antes o quão ferrados estamos: entregas e mais conversas

* Robert "Uncle Bob" Martin (Desenvolvimento Ágil Limpo, 2020).

Configuração

10 - 20 participantes

2 encontros de 90 minutos

Online e ao vivo

Referências

Start Typing